Tenho vindo a trabalhar a dinâmica da intencionalidade do gesto com a serendipidade que descubro recorrendo a elementos fortuitos, ao fazer coexistir uns e outros em composições nas quais, para o todo final, tanto podem contribuir a apropriação de referências de outros autores como, e sobretudo, o reenquadramento de partes de trabalhos meus anteriores (que se destroem no processo), ou o aproveitamento de sobras e materiais descartados.

back.JPG

Lisbon, Portugal