2021-10 - logotipo do podcast 'Vive!'


Vive Podcast


Foi com enorme alegria que recebi a chamada da Marta Vitorino - uma mulher extraordinária que conheci há uns anos - e o convite para desenhar o logotipo para o podcast que ela ia lançar.


Desafio-vos a ouvir, fica aqui o link.

Fica também a introdução à entrevista que deu à 'Gerador' sobre esse espaço de partilha:



Há pessoas que deixaram de viver, entregaram-se à máquina.”


Marta Vitorino apresenta-nos o “Vive!”, um podcast em que a insuficiência renal é o mote para falar de estilo de vida, saúde mental, questões científicas (principalmente para jovens) e mostrar que as representações mediáticas sobre a doença, “não têm de ser assim”.

A insuficiência renal é uma doença provocada pela diminuição progressiva da função renal, ou seja, o rim “adoece”, perde a sua capacidade de retirar as toxinas, e a água acumula-se no organismo. Foi o que aconteceu a Marta Vitorino que, a poucos dias de fazer vinte anos viu o seu presente ser adiado por medos e desinformação relativa à doença. Quando decidiu procurar sobre casos iguais, ou idênticos ao seu, de jovens que estivessem na mesma situação, testemunhos reais que se assemelhassem à imagem que a condicionava, não encontrou.

Foi pela falta de informação e por saber que era necessário “mostrar o lado descomplicado da insuficiência renal crónica” que o “Vive!” começou a ser sonhado, depois estudado, pelo caminho encontrou alguns percalços, como a falta de acessibilidade a meios de produção e edição de áudio para pessoas com deficiência visual, mas contornou-os, até que, em março deste ano, veio ao mundo para lembrar as pessoas, e principalmente os jovens, que estão a passar por esta doença, que “a doença é apenas parte da sua vida e não a vida inteira”.

Em entrevista ao Gerador, Marta fala-nos de insuficiência renal com uma leveza e boa disposição que diz não encontrar nas representações mediáticas (desenquadradas daquilo que vivia) e de como o “Vive!” não é só para quem passa pela doença, mas também para quem vive ao lado dela – “O bichinho da insuficiência renal crónica não é assim tão grande, é do tamanho que quiseres”.


in Gerador, 4 de Dezembro de 2021

8 visualizações